Tráfego do site: 10 ferramentas para análise

Tráfego do site é o número de usuários web que visitam um determinado site. O tráfego é medido em visitas, às vezes também chamado de “sessões”, e é uma maneira comum de medir a eficácia de um negócio online em atrair público.

Analisar o Tráfego de um Site na internet e as visualizações das páginas é essencial para se ter uma ideia do que está funcionando, e o que precisa de atenção, para aumentar e melhorar a qualidade do tráfego.

Com tantas empresas confiando em seus sites para fazer vendas e envolver os clientes, é essencial entender quantas pessoas visitam o seu site e o que estão fazendo.

Podemos identificar tendências, como quando os usuários são mais ativos e com quais conteúdos eles mais se envolvem, ajudando a entender melhor os hábitos digitais dos consumidores.

Existem muitos programas para monitorar, medir e analisar a atividade do site, e às vezes é difícil saber quais experimentar.

Abaixo, relacionei, 10 ferramentas para medir tráfego do site:

1. Google Analytics

Embora existam muitas ferramentas disponíveis para monitorar o tráfego de um site na Web, o Google Analytics, https://analytics.google.com, é gratuito e abrangente.

No entanto, embora adicionar um código de acompanhamento padrão do Google Analytics e revisar as métricas básicas de tráfego seja um bom começo, o verdadeiro poder do Google Analytics é liberado quando os eventos são adicionados a todos os links, botões e ações em uma página da web.

Você pode gostar deste post do Blog.Google: https://blog.google/intl/pt-br/produtos/explore-e-encontre-respostas

Captura de tela (screenshot) de Trafego de site com Google Analytics

2. Google Search Console

O Google Search Console. https://search.google.com/search-console, é um serviço gratuito oferecido pelo Google que ajuda você a monitorar, manter e solucionar problemas de presença do seu site nos resultados da Pesquisa Google.

É necessário se inscrever no Search Console para ser incluído nos resultados da Pesquisa Google (Tráfego do Site). O Search Console ajuda você a entender e melhorar como o Google vê seu site.

Pense no “Search Console” como um serviço básico ao Google Analytics.

A base para analise de um tráfego do site: Google Search Console
A base para analise de um tráfego do site: Google Search Console

3. Ahrefs

O Ahrefs, https://ahrefs.com/pt/, é uma ferramenta das mais profissionais para monitorar tráfego, autoridade de domínio e palavras-chave. Dá para ver quais palavras-chave estão classificando melhor e identificar oportunidades de melhoria para direcionar mais tráfego para o site.

Ele também permite ver quais sites estão vinculados a um site específico, para identificar possíveis parceiros de postagem de convidados, aumentar o volume de backlink e direcionar tráfego de referência adicional.

4. SemRush

O Semrush, https://pt.semrush.com/, é um conjunto de ferramentas completo para melhorar a visibilidade on-line e descobrir insights de marketing.

As ferramentas de análise e relatórios são capazes de ajudar profissionais de marketing que atuam nos seguintes serviços: pesquisa palavras-chave, análise de tráfego e +20 ferramentas, numa só, para qualquer tarefa SEO.

Uma das ferramentas mais profissionais de análise de Tráfego do Site: SEMRUSH

5. W3Counter

W3 Counter, https://www.w3counter.com, é um serviço online que permite acompanhar dados estatísticos e informações sobre sites da web.

Os analisadores de log fornecem relatórios diários, além de outros 15 painéis de dados novos e úteis.

6. Matomo

O aplicativo de código aberto que rivaliza com o Google Analytics em funções: Matomo, https://matomo.org. O Matomo faz a maior parte do que o Google Analytics faz e é provável que ofereça os recursos que você precisa.

Os recursos incluem métricas sobre o número de visitantes que acessam o site, dados sobre de onde eles vêm (na web e geograficamente), as páginas de onde saem e a capacidade de rastrear referências de mecanismos de pesquisa. Oferece também muitos relatórios e dá para personalizar o painel para visualizar melhor as métricas.

Para facilitar sua vida, o Matomo se integra a mais de 65 sistemas de gerenciamento de conteúdo, comércio eletrônico e fóruns online, incluindo WordPress, Magento, Joomla (usando plugins). Ou, simplesmente adicionar um código de rastreamento a uma página do seu site.

Você pode testar o Matomo acessando o site https://demo.matomo.cloud ou instalar uma versão autohospedada (instalar no seu site, subdomínio, pelo CPanel é o mais recomendado).

Uma alternativa de responsa de tráfego do site: Matomo
Matomo.org: uma alternativa de responsa de tráfego do site.

7. Moz

Moz, https://moz.com/, é uma plataforma completa que permite analisar o SEO de uma página e de que forma ele pode ser melhorado. Com uma seleção relevante de funcionalidades, os sites e as páginas podem ser melhorados e analisados a partir de uma seleção grande de detalhes de desempenho.

A MOZ é uma ferramenta que entrega dados sobre o desempenho de páginas de site nos principais mecanismos de busca. Ela é essencial para empreendedores que desejam ter bons resultados nos buscadores aplicando técnicas de SEO.

A plataforma é uma das mais completas do mercado digital. Sua funcionalidade vai muito além da otimização para SEO e permite que as estratégias sejam melhoradas.

8. Similar Web

A plataforma Similar Web, https://www.similarweb.com/pt, é direionada para analistas e profissionais de marketing. Ela ajuda a descobrir facilmente as melhores oportunidades, identificar ameaças potenciais e tomar decisões críticas de negócios para aumentar o tráfego e a receita do site.

São ferramentas de Marketing Digital e Inteligência de pesquisa fáceis de usar, além de ajudar na definição de uma estratégia e ganhar mais participação de mercado.

Dá para identificar quais palavras-chave, parceiros, afiliados, criativos, redes de anúncios e conteúdo estão com melhor desempenho.

9. Open Web Analytics

Open Web Analytics, https://www.openwebanalytics.com, tá bem ali colado no Matomo. Na verdade, ele inclui recursos importantes que rivalizam muito bem com o Google Analytics. Alguns amam tanto o OWA que dizem que deixa a ferramenta do Google comendo poeira.

Além do conjunto usual de funções de análise e relatórios, o Open Web Analytics rastreia onde em uma página e em quais elementos os visitantes clicam; fornece mapas de calor que mostram onde em uma página os visitantes interagem mais; e ainda faz rastreamento de comércio eletrônico.

O Open Web Analytics possui um plugin do WordPress e pode se integrar ao MediaWiki. Além da solução de adicionar um código JavaScript ou PHP às suas páginas da web para ativar o rastreamento.

Antes de baixar o pacote Open Web Analytics, você pode experimentar a demonstração para ver se ela é adequada para você: https://github.com/Open-Web-Analytics

10. Alexa Traffic Rank

A extensão oficial Alexa Traffic Rank, https://www.alexa.com, é a extensão gratuita da Alexa para Google Chrome.

A extensão acompanha você enquanto navega, fornecendo dados do Alexa.com sobre os sites que você visita sem interromper sua navegação.

Como o tráfego de um site específico se compara a outros sites na web?

Saiba como o site está sendo encontrado por meio de pesquisa usando o Search Analytics da Alexa ou veja como ele era no passado usando o Wayback Machine.

Que tal uma extensão: https://chrome.google.com/webstore/detail/alexa-traffic-rank/cknebhggccemgcnbidipinkifmmegdel

Tráfego do site Bônus

CPanel Awstats

Com as estatísticas do CPanel (verifique com o suporte da hospedagem do seu site) dá para verificar quantos visitantes acessaram o site ou recuperar outras estatísticas sobre o tráfego.

A interface exibe informações detalhadas sobre visitas recentes ao site. As informações ajudam a conhecer o público e monitorar os visitantes frequentes. Também ajuda a localizar e corrigir erros, como páginas ausentes ou links quebrados.

Tem mais detalhes aqui: https://docs.cpanel.net/cpanel/metrics/awstats/

CPanel tem várias estatísticas que vão além de tráfego do site.

Outras opções CPanel

Dá para aprofundar no assunto utilizando o fórum: https://forums.cpanel.net/threads/check-web-traffic-stats.76896/ em inglês.

Conclusão

Qualquer ferramenta que sirva ao seu “Porquê” do acompanhamento de dados do tráfego do site irá lhe ajudar.

O “Como” você descobrirá logo em seguida!

De ferramentas fáceis e gratuitas, como o Google Search Console, a um acompanhamento de comportamento muito detalhado, como o Google Analytics (com as marcações pontuais e Tags), até o rastreamento de jornadas do cliente, as ferramentas estão cada vez mais profissionais e disponíveis.

É mais valioso primeiro decidir porque rastrear e quais decisões os dados conduzirão. Se você conhece o “porquê”, então o “como” vem logo em seguida.

Para saber se está fazendo certo, tecnicamente correto só uma opção: medir o tráfego do site.

Share the Post:

Related Posts